Controle de Acesso: da importância à aplicação na sua empresa

Vamos imaginar a seguinte rotina: um indivíduo que estuda de manhã, trabalha à tarde e, ainda arruma um tempo à noite para se exercitar em uma academia de musculação. Três ambientes totalmente distintos. Mas há algo em comum entre eles: seja na faculdade, na empresa em que trabalha ou na academia, há um sistema de controle de acesso. Eles se tornaram tão corriqueiros que, para nós, passam despercebidos. Mas, para os empreendimentos, eles representam simplesmente uma necessidade.

A importância do controle de acesso

O controle de acesso pode ser tratado sob diversas perspectivas. O principal viés, claro, gira em torno da segurança: é preciso proteger o patrimônio empresarial e a própria integridade dos colaboradores, monitorando a entrada e saída de pessoas. O que no passado era feito integralmente pela gestão humana, agora possui a tecnologia como protagonista, garantindo muito mais eficiência e praticidade.

Continue Lendo

Afinal, relógio de ponto com biometria digital é seguro?

Uma das questões mais importantes de gerência de um RH é o controle das jornadas de trabalho. O registro de entradas e saídas dos funcionários é preponderante interna e externamente para uma empresa. E um dos métodos mais seguros para se fazer isso é através de um relógio de ponto com biometria digital.

O equipamento dá excelentes garantias, já que assegura que uma tecnologia de ponta estará a serviço da empresa. Usar o relógio digital é ter certeza que incômodos com a folha de ponto em papel não existirão.

Segurança

A escolha de um relógio de ponto com biometria digital é importante tanto para funcionários quanto para o empreendimento. A possibilidade de identificação de pessoas dos sistemas de leitura biométrica é o que há de mais avançado no setor.

Continue Lendo

Gestão de Ponto: 6 fatos que comprovam que você precisa automatizar esse processo

A área de Recursos Humanos sempre foi associada a um trabalho mais burocrático, operacional, até certo ponto maçante. No entanto, o advento dos recursos tecnológicos transformou essa rotina – ou pelo menos mostrou que ela deveria ficar no passado. Os trabalhos manuais, que sempre demandaram muito tempo e dedicação, passaram a ser automatizados. Um dos exemplos está na gestão de ponto eletrônico.

Não são poucas as empresas que enfrentam grandes desafios neste sentido. Muitas vezes, coordenadores “adiam” ações estratégicas apenas para se dedicar ao preenchimento manual da gestão de pessoal. Mas atividades operacionais demandam tempo, e como tempo é dinheiro, as empresas precisam dar um passo à frente e abraçar a tecnologia como aliada.

Quer entender como a automatização da gestão de ponto pode otimizar a rotina da sua empresa? Nós vamos te mostrar seis fatos que comprovam esta necessidade. Confira:

Conferência manual está sujeita a erros

O processo de conferências e lançamento de horários dos funcionários está sujeito a diversas incoerências, desde erros de digitação até propriamente fraudes. Uma gestão de ponto automatiza elimina qualquer preocupação deste tipo, já que existe uma comunicação integrada com o relógio de ponto.

Informações em tempo real

Você não precisa esperar até o fim do mês para conferir se os seus funcionários estão cumprindo a jornada de trabalho conforme o previsto. A automatização da gestão de ponto faz com que você tenha informações sobre

Continue Lendo

O que a legislação trabalhista diz sobre o controle de ponto dos seus funcionários?

Com o advento da reforma trabalhista, é necessário estar atento aos novos aspectos implantados para que não ocorra nenhum problema no cotidiano da sua empresa. O controle de ponto e demais informações sobre as jornadas de trabalho estão inseridas nesse contexto e receberam também alguns ajustes.

Por isso, os empregadores e pessoal responsável por recursos humanos devem atualizar as formas de trabalho. Essas mudanças são devido à jornada de trabalho flexível, que precisa de parâmetros de controle, a fim de evitar problemas e até mesmo ações trabalhistas no futuro.

Entenda melhor sobre cada tópico que recebeu mudanças e esteja preparado para adequar sua empresa ao que diz a legislação trabalhista sobre o controle de ponto.

Como ficam as horas extras

O banco de horas passa a ser uma opção para o funcionário, independente de registro na convenção coletiva ou em acordo. Lembrando que a compensação do banco de horas tem o prazo de seis meses para acontecer. Dessa forma, a empresa precisa manter um controle rigoroso das jornadas, a fim de evitar problemas e processos.

Continue Lendo

Afinal, o relógio de ponto é obrigatório em todas as empresas?

Afinal de contas, o relógio de ponto é obrigatório em todas as empresas? É necessário manter esse controle de horário dos funcionários? Muitos gestores têm dúvida sobre se devem implementar ou não um registro de ponto em sua empresa. Vejamos no decorrer do post a resposta a esta pergunta.

O que diz a legislação sobre o relógio de ponto?

A legislação nos informa que, em 2009, o controle eletrônico de ponto se tornou uma questão obrigatória. Manter um registro preciso do horário de chegada e saída do funcionário evita processos trabalhistas e traz segurança, tanto para o empregado quanto para o empregador.

Esta lei foi implementada pelo Ministério do Trabalho e Emprego, que exige que todas as empresas com 10 ou mais funcionários contratados por sistema de carteira assinada devem utilizar o registro de ponto para o controle de acesso ao local de trabalho.

Continue Lendo

Relógio de Ponto: Saiba qual o seu impacto na produtividade da empresa

Diante de um mercado tão competitivo, as empresas têm investido, cada vez mais, em mecanismos capazes de proporcionar o aumento da produtividade dos funcionários. Por isso, atualmente, implantar o controle de ponto não é apenas uma obrigação, mas também algo que pode afetar bastante a produtividade da sua empresa.

A importância do relógio de ponto

A produtividade de uma empresa está indiscutivelmente relacionada com diversos fatores, como por exemplo: o treinamento da equipe e das lideranças, o sistema de gestão e o planejamento estratégico. Entretanto, o controle de ponto destaca-se, pois é uma ferramenta que possibilita que a empresa calcule com precisão a rotina de trabalho dos colaboradores. Isso não só garante o cumprimento da jornada de trabalho estabelecida, como também permite que a empresa acompanhe o rendimento do colaborador em cada tarefa, podendo assim gerenciar melhor horas dedicadas a uma determinada atividade.

Continue Lendo

Como um relógio de ponto pode ajudar no controle da jornada de trabalho dos seus funcionários?

O relógio de ponto eletrônico representa a contribuição mais recente da tecnologia à necessidade de controlar com exatidão a jornada de trabalho dos empregados de uma empresa.

Livro de ponto manual

Esta história começou com o registro manual no livro de ponto das entradas, saídas, intervalos e horas extras, primeiro pela empresa, depois pelos próprios trabalhadores, método ainda hoje utilizado por micro e pequenas empresas, por ser extremamente simples e barato (um livro de ponto custa menos de R$ 10 em qualquer papelaria). No entanto, ele não é funcional para empresas com grandes quantidades de empregados. Além disso, é muito fácil fraudar os registros, não anotar as horas com precisão por má-fé ou esquecimento (o que exige vigilância constante do empregador sobre o livro-ponto) ou rasurar páginas, obrigando a que sejam passadas a limpo com frequência.

Continue Lendo

Cartão de Ponto X Ponto Eletrônico: Qual a diferença entre os dois?

Um dos grandes desafios das empresas, sejam elas micro ou grandes corporações, é fazer a gestão de horas de seus funcionários. É um dos mecanismos que permite o controle da jornada de trabalho e garante o cumprimento das funções dentro do esperado.

As formas mais conhecidas de se fazer esse registro são cartão de ponto, um mecanismo antigo e ainda muito utilizado, e o ponto eletrônico, que vem sendo adotado por muitas empresas. Mas qual a diferença entre os dois sistemas? Entenda nesse artigo como cada um funciona e as suas particularidades.

Continue Lendo

O que é absenteísmo e como evitar

Na maioria das empresas, é comum haver aquele funcionário que falta com frequência ou chega atrasado quase sempre. Também chamada de absenteísmo, essa prática de um ou de mais funcionários, pode indicar problemas tanto pessoais dos mesmos, como da própria empresa ou setor.

Com a ausência de empregados ou o não cumprimento da carga horária total semanal, as atividades e o andamento do negócio acabam prejudicados, o que indica a necessidade de avaliação sobre a periodicidade desses acontecimentos e o que está causando o absenteísmo.

Continue Lendo
QUANTO VALE SEU TEMPO?
Receba em seu e-mail dicas e notícias sobre o gerenciamento do seu tempo e sua empresa!
Suas informações nunca serão compartilhadas com terceiros